spot_img

Meditação: conheça mais sobre a prática milenar do autoconhecimento e serenidade

Não é de hoje que as pessoas buscam meios para tornar suas vidas mais harmoniosas. Originária da China e da Índia e datando mil e quinhentos anos de história, a prática da meditação tem um longo histórico de aperfeiçoamento e aplicação em diversas culturas e credos, chegando à modernidade como ferramenta de autocontrole e serenidade a partir do autoconhecimento.

O que é meditação?

Podemos definir meditação como um exercício de concentração que por meio da respiração e do silêncio de pensamentos, promove a auto reflexão, o equilíbrio emocional, o foco e a sabedoria. Costumeiramente praticada num sentido religioso de tradições orientais como o budismo e o hinduísmo, a meditação ganhou adeptos por todo o mundo por seu caráter simples e prático de introduzir plenitude na agitada rotina da vida moderna.

Os benefícios da meditação

A meditação traz benefícios para a saúde física e para a saúde mental, possuindo uma série de vantagens e atuando como fortalecedor do sistema imunológico e cardiovascular, prevenindo doenças corriqueiras e problemas como hipertensão. No cérebro, a meditação promove o controle do fluxo de pensamentos e a regulamentação do sono, que auxilia a combater sintomas de ansiedade e depressão. 

No cotidiano, a prática de meditação permite maior controle emocional e consequentemente melhor tomada de decisões, possibilitando maior resiliência nos compromissos e mais disposição para trabalhar, estudar ou realizar qualquer tipo de atividade que exija esforço mental. Em longo prazo a meditação é uma ótima facilitadora de bem-estar e qualidade de vida, contribuindo para a longevidade e para uma vida mais feliz.

  • A seguir alguns dos principais benefícios da meditação:
  • Controle do estresse;
  • Melhora o foco e a concentração;
  • Promove o otimismo e a autoconfiança;
  • Melhora do sono e mais disposição cotidiana;
  • Redutor dos sintomas de depressão;
  • Redutor dos sintomas de ansiedade;
  • Promotor de autoconhecimento e serenidade;
  • Estimula a memória reduzindo riscos de Alzheimer;
  • Previne doenças crônicas.

Principais tipos de meditação

Por ser uma arte milenar, a meditação já teve várias representações, estilos e categorias. Para facilitar sua compreensão e propor tipos simples de serem realizados por quem quer iniciar na prática, vamos falar de três que tem bastante destaque e muitos adeptos.

Mindfulness

A meditação mindfulness é voltada a trabalhar a percepção do momento presente. O termo mindfulness significa “atenção plena” e consiste em um exercício de concentração para eliminar distrações, focando em através da observação dos sentidos, colocando nossa atenção a momentos específicos do dia a dia que precisamos ser produtivos. Para saber mais do mindfulness não deixe de conferir nosso artigo sobre isso.

Zazen

Ligada ao zen budismo, a meditação zazen é a prática meditativa que se realiza sentado, com a mente aberta buscando e a liberdade ao fluxo de pensamentos através do silêncio e da respiração. Em japonês Zazen significa “apenas sentar”, o que implica a simplicidade envolvida nesse tipo de meditação, silenciando o mundo externo para observar os pensamentos e as emoções que vêm à tona.

Meditação Transcendental

A meditação transcendental é uma técnica simples voltada ao controle do estresse e da agitação. Esse sistema permite ir além dos pensamentos comuns, utilizando mantras, que são sons específicos para promover o estado mental que permita o praticando mergulhar em si mesmo durante a meditação, consistindo em sentar-se por vinte minutos duas vezes ao dia, mentalizando os mantras e praticando uma respiração profunda.

Como praticar meditação?

Se você se interessou por meditação e nunca praticou antes, algumas dicas são necessárias para tornar a experiência mais positiva. Primeiro de tudo é válido ter em mente que meditar requer prática e paciência, portanto, para evoluir é bom que você comece aos poucos, se adaptando a essa nova ferramenta de forma gradual.

Comece definindo um local ideal para praticar meditação. Pode ser dentro ou fora de casa, desde que seja um local que você se sinta confortável. Dê preferência a permanecer sentado, com a coluna o mais ereta possível e respire lentamente conforme sente seus pensamentos fluírem sem se preocupar em controlá-los.

Comece com intervalos curtos e foque sua atenção somente na meditação. Você pode cronometrar o tempo se preferir. Inicialmente 10 a 20 minutos podem parecer pouco tempo, mas conforme você for fazendo progressos, conseguirá se concentrar por maiores períodos de tempo e começará a perceber que os benefícios se multiplicarão conforme isso for acontecendo.

O início pode ser um pouco difícil, mas vale a pena perseverar nessa prática que só possui benefícios para nossa saúde e adiciona paz e tranquilidade à rotina. Para esse e mais conteúdos voltados ao bem-estar, qualidade de vida e saúde mental, não deixe de conferir nossos outros posts com mais temas interessantes.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

FIQUE CONECTADO

0FãsCurtir
3,912SeguidoresSeguir
21,800InscritosInscrever
- Advertisement -spot_img

MAIS RECENTES