spot_img

Bloqueios Criativos: Quando a lampadazinha da cabeça teima em não acender

Sempre o mesmo processo. Encaramos o branco da tela, quadro ou folha de papel, pronta para tornar material o imaterialismo dos nossos pensamentos, mas tudo que há é somente o silêncio dentro da nossa cabeça. O vazio onde deveriam ter ideias.

Paliativos então. Uma pausa olhando pela janela, talvez uma boa xícara de café, quente de preferência para aquecer o cérebro e incendiar o processo criativo. Uma olhada no celular, uma música de fundo para entrar no clima, distrair a cabeça.

Nada acontece. E agora? Bate a frustração! Os prazos chegam rápido, as ideias, infelizmente, nem tanto. A criatividade é um recurso escasso e o valor das ideias só não é superado pela necessidade de tê-las de vez em quando.

Nunca é fácil lidar com bloqueios criativos, por isso este artigo pode ajudar. Sei que nem sempre o texto é algo que distrai a primeira vista, mas que tal dar uma chance? Afinal, quem sabe não é daqui que pode brotar aquele insight! Boa leitura.

O que são Bloqueios Criativos?

Como o próprio nome já sugere, bloqueio criativo é um entrave na busca de inspirações, ideias ou soluções para um problema, tema ou assunto. O popular “deu um branco” refere-se a impossibilidade criativa causada pelo bloqueio.

É importante dizer de antemão que bloqueios criativos são normais, especialmente em áreas que demandam muito uso da criatividade, e que devem ser levados com naturalidade sempre que acontecem, para que a gente não acabe desanimando.

Entender as origens desses bloqueios e como agir quando se percebe que está difícil criar algo com urgência é o essencial para desenvolver resiliência dentro do processo criativo e se acostumar com suas limitações para superá-las sempre.

O que causa Bloqueios Criativos?

Muitos fatores podem contribuir para que bloqueios criativos aconteçam com frequência. Eles podem indicar sinais de que a sua rotina de “produtividade” pode estar te prejudicando, mesmo que você não perceba isso claramente.

Cansaço, falta de sono, estresse ocupacional, burnout… são tantas as possíveis causas dos bloqueios criativos que não vale a pena sequer mencionar. Às vezes até estar num dia ruim pode ser motivo de sobra para que as ideias não surjam.

O importante é ter em mente que nós não somos máquinas. Nem sempre a inspiração virá e tudo bem com isso. O que dá para fazer é tentar prestar atenção aos sinais que podem estar atrapalhando esse processo.

Elencamos alguns dos que mais afetam o processo criativo:

Medo da falha

O medo é sempre um grande impedimento. Ter receio em falhar ou de não contribuir com o que é esperado de nós, inibe em muito o processo criativo por não permitir que ideias, mesmo que ruins, sejam postas à prova.

Lembre-se que o sucesso em qualquer coisa vem do aprimoramento, o que na prática significa um constante processo de tentativas e erros. Nada impede que conceitos ruins sejam evoluídos, só não podemos temer falhas no processo. 

Estresse da rotina

Não é novidade que o estresse afeta diretamente o nosso cérebro. Como dependemos completamente da nossa preciosa massa cinzenta para ter criatividade e propor ideias, o acúmulo de estresse causado pela rotina pode gerar bloqueios.

Tentar, na medida do possível, se distrair nos fins de semana ou focar em atividades que não estejam diretamente relacionadas ao trabalho ajudam em muito a reduzir o estresse, te permitindo ser mais inovador durante o dia a dia.

Procrastinação desnecessária

Procrastinar é aquilo que fazemos quando mesmo sabendo que temos um compromisso em realizar uma atividade, ainda assim voluntariamente vamos adiando e preenchendo nosso tempo com outras coisas menos necessárias.

Embora a procrastinar influencie positivamente na criatividade, como afirma o psicólogo americano Adam Grant, da Universidade da Pensilvânia, o exagero pode ser fator de atraso e dispersão da sua atividade prioritária.

Perfeccionismo exagerado

Toda ideia é bem mais bonita na nossa cabeça, concretizá-la, no entanto é bem mais complicado. Sempre queremos que nossos projetos aconteçam da melhor forma possível, mas é necessário ser realista e priorizar o feito antes do perfeito.

Esperar que a melhor das ideias surja torna o bloqueio criativo um desafio ainda maior do que já é. Talvez as respostas estejam nas coisas simples que quando trabalhadas de uma forma diferente podem gerar um excelente resultado.

Pouco domínio do tema

Precisamos saber com o que estamos lidando quando temos que produzir ideias. Sem uma boa pesquisa prévia de referências não dá pra criar algo novo que seja interessante e nem sempre podemos contar com nosso repertório para tudo.

Pesquise bastante antes e durante todo processo criativo. Ter familiaridade com o tema facilita a produção de ideias e torna todo o trabalho mais prazeroso e criativo, sem surpresas e correções que podem atrapalhar a efetividade.

Improdutividade pelo excesso de trabalho

Grande parte de ser produtivo demanda ser multitarefas. O excesso de trabalho pode muitas vezes estar ligado a bloqueios criativos, especialmente quando cobramos da nossa criatividade muitas soluções para diferentes coisas.

Organizar sua rotina de acordo com cada projeto e pensar soluções para cada um deles individualmente é uma forma de romper o bloqueio criativo, já que muitas vezes nossa cabeça está muito atarefada com a grande quantidade de demandas.

Pouco planejamento e organização

Sem organização qualquer criatividade é inútil. Mesmo com uma boa ideia em mente, um bloqueio criativo pode acontecer quando não sabemos qual passo tomar em seguida para concretizá-la em um projeto mais bem desenvolvido.

Ter um método de trabalho pode contribuir nesse sentido, esquematizando em etapas o seu processo de desenvolvimento de ideias e evitando que a falta de planejamento interfira na sua criatividade causando bloqueios mentais aqui e ali.

Como lidar com Bloqueios Criativos?

Temos que entender que o processo criativo não é uma coisa linear. Criar é de certa forma transformar o caos dos nossos pensamentos em coisas reais. No geral exige bastante da gente e tende ser muito cansativo mentalmente.

Nesse cenário, quando um bloqueio criativo aparecer, lide com ele com tranquilidade. Com o tempo e as dicas que  colocamos a seguir, você conseguirá vencer os bloqueios criativos com facilidade e ter uma rotina mais espontânea.

  • O tédio muitas vezes pode resultar em um excelente ócio criativo
  •  Remova distrações do ambiente, desligue celulares e telas
  • Não seja multitarefa, a menos que seja muito necessário
  • Encontre um horário confortável em que você se sinta disposto
  • Não gaste sua energia antes de começar o processo criativo
  • Use a tecnologia a seu favor, mas não como muleta
  • Registre suas ideias livremente sem se prender a correções, edições…
  • Não se compare aos outros, eles não têm a mesma história que você
  • Mude de ambiente se possível, tipo um lugar ao ar livre
  • Ouça músicas e crie playlists que te deixem no humor ideal
  • Saia para uma caminhada, olhe os carros passarem na avenida
  • Se distraia com algo aleatório, mas cuidado com o exagero
  •  Pratique exercícios físicos regularmente
  •  Invista num bom sono por pelo menos 7 horas diárias
  • Pense e defina temas com antecedência antes de começar a produzir
  • Esboce o máximo possível sem se preocupar com critérios
  • Pesquise e busque referências dentro e fora do tema
  • Consuma materiais sobre diferentes assuntos para aumentar seu repertório
  • Converse com alguém sobre qualquer coisa e peça opiniões aos outros
  • Não limite sua criatividade, dê asas à imaginação

Como prevenir Bloqueios Criativos?

Otimizar as nossas ideias é uma excelente ferramenta para prevenir bloqueios criativos. Isso consiste em ter sempre à mão alguma forma de registrar insights e pensamentos que surgem espontaneamente durante o cotidiano.

Tenha sempre acessível seus melhores projetos anteriores e projetos de outras pessoas que você admira para se inspirar. Suas referências são seu arquivo pessoal de ideias que podem ser retrabalhadas para criar novos projetos.

Também lembre-se que seguir sua intuição sempre é um bom solucionador de problemas. Muitas vezes temos intuições que não ficam totalmente claras no momento, mas quando vamos a fundo nelas, descobrimos que tem grande valor.

Não se esqueça de cultivar hábitos saudáveis como alimentação adequada e exercícios físicos regulares. Sua mente e seu corpo precisam estar em equilíbrio para que sua criatividade trabalhe ao máximo e se mantenha produtiva.

Com essas dicas, esperamos que suas ideias surjam de maneira mais fluida e que a prática de registrar seus pensamentos se torne mais útil para os seus projetos e traga soluções cada vez mais criativas não apenas no trabalho mas na vida toda.

Este artigo fica por aqui. Não esqueça de priorizar sua saúde mental se quiser ter uma rotina criativa. Cheque também nossos outros materiais em vídeos e textos, com conteúdos relevantes que podem te dar dicas valiosas.

Aproveite e compartilhe esse artigo com outra pessoa que está precisando vencer bloqueios criativos. Essas informações podem ser muito úteis e ajudar outras pessoas a recuperar a criatividade em seus projetos.

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

FIQUE CONECTADO

0FãsCurtir
3,912SeguidoresSeguir
21,800InscritosInscrever
- Advertisement -spot_img

MAIS RECENTES